28/07/2010

Filial da Renova na Bahia é agraciada com o Troféu Bronze do PGQB

Cerimônia de entrega do prêmio acontece no dia 29 de julho, na Federação das Indústrias do Estado da Bahia

A Renova Lavanderia Industrial receberá, no próximo dia 29 de julho, o Troféu Bronze do Prêmio Qualidade Gestão Bahia no modelo Rumo à Excelência de Gestão. Esta é a primeira vez que uma lavanderia recebe tão importante honraria na Bahia.

De acordo com o gerente da unidade, Brazílio Goulart, participar do Prêmio PGQB (Premio Gestão Qualidade Bahia) foi extremamente importante por vários aspectos. "A experiência de sermos avaliados por uma metodologia aplicada por muitas empresas de diversos segmentos desde 1997 e de podermos mostrar as práticas adotadas por nossa gestão é um dos pontos positivos", definiu.

Para Goulart, a adoção destes critérios ajuda a melhorar o desempenho em busca da excelência em diversas áreas da organização e do sistema de gestão da Renova. E contribui ainda para tornar a empresa mais competitiva, aliando o crescimento da organização ao desenvolvimento sustentável e à responsabilidade socioambiental.

O presidente da Renova, Joarez Venço, enfoca que nesta contínua procura pelo aperfeiçoamento e excelência, a Renova se organizou para trabalhar com times de melhorias (Time Renova de Melhoria para Excelência). "Estruturados seguindo o modelo Rumo a Excelência da Gestão que são divididos nas áreas de ‘Liderança’, ‘Estratégia e Planos’, ‘Clientes’, ‘Sociedade’, ‘Informação e Conhecimento’, ‘Pessoas’, ‘Processos’ e Resultados. Por conta deste trabalho, a empresa vem colhendo excelentes resultados em todas as áreas de negócios", revelou.

Para Venço, o conceito de gestão está implementado e é uma realidade nas quatro unidades da empresa, que ficam nos Estados do Rio Grande do Sul, Bahia, Paraná e Alagoas. "Quando abrimos uma unidade levamos toda a bagagem dos processos, certificações e programas de qualidade. Para que isso aconteça promovemos uma grande integração entre os setores estratégicos, com o pessoal visitando as unidades numa grande troca", explicou.

As vantagens de participar do PGQB

• Dentro da empresa foi criado o conceito de sustentabilidade, que engloba o ambiental, o pessoas e o industrial. Ou seja, qualquer projeto tem que estar englobado nesse conceito maior e atender os três pilares. O foco não é mais pontual e sim sistemático.
• Houve mudança no planejamento estratégico, desde a análise econômica e a de cenários, onde são analisados os cenários com um prisma profissional, com analise do macro ambiente, cenário interno e externo e dos riscos.
• É essencial seguir uma linha clara do que a Renova quer e do que irá oferecer de padrão ao seu cliente. Há cinco anos a empresa ingressou no Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade, onde foi tendo uma evolução até a conquista neste ano do Troféu Prata. Desta mesma forma, logo que foi implantada a filial de Camaçari, a Renova buscou o Programa de Excelência no Programa de Gestão da Qualidade Bahia - PGQB.
• A adoção destes critérios ajuda a melhorar o desempenho em busca da excelência em diversas áreas da organização e do sistema de gestão da Renova.
• O departamento de RH passou a ser de Gestão de Pessoas.
• Contribui para tornar a empresa mais competitiva, aliando o crescimento da organização ao desenvolvimento sustentável e à responsabilidade socioambiental.
• O modelo de gestão com times de melhorias (Time Renova de Melhoria para Excelência) estruturados seguindo o modelo Rumo à Excelência faz com que a empresa venha colhendo excelentes resultados em todas as áreas de negócios.
• Os oito critérios de Excelência do PGQB são separados por grupos. Essa ação que num primeiro momento parece simples revolucionou a forma de administrar a Renova.
• O mérito do Programa é que todos os clientes, fornecedores e colaboradores conhecem a sua credibilidade e sabem da importância de um trabalho sério para a conquista.
• A integração com outras práticas que possibilitam o benchmarking é importantíssima para a evolução das práticas. Nesta experiência a Renova também mudou sua forma de coletar dados. Hoje os setores que visitam outras empresas levam um questionário elaborado na Renova e depois o pessoal tem que apresentar para o grande grupo o que vivenciou e o que podemos aproveitar.
• Elaboração de um reposicionamento da marca, que reflita a essência da empresa.



Premio MPE Brasil

Clique na imagem para amplia-la


Para se inscrever CLIQUE AQUI

O Negócio de Lavaderia

LAVANDERIA

   
Apresentação

Água, sabão e lucros, o conceito de que só roupas especiais vão para lavanderias está indo por água abaixo. A imagem do dono de lavanderia entregando as roupas penduradas também é coisa do passado. A modernização técnica e o aumento da demanda de serviços garantem boas oportunidades no ramo de lavanderias. O corre-corre das pessoas faz com que este tipo de negócio seja cada vez mais procurado. O hábito norte-americano de levar roupas para serem limpas em lavanderias começa a se tornar cada vez mais comum no Brasil. A rotina mais atribulada das pessoas, a quase extinção da profissão de lavadeira e as áreas das lavanderias residenciais cada vez menores, são realidades que proporcionam a transformação das lavanderias numa boa oportunidade para quem quer investir em um segmento que ainda tem muito o que expandir.

Mercado

Estimular as pessoas a deixar de lavar roupa suja em casa e mandar para as lavanderias domésticas é uma tarefa difícil para um País onde apenas 2,65% da população utiliza esse tipo de serviço. Estima-se que o mercado de lavanderias movimente R$ 140 milhões por ano no Brasil, sendo que são cerca de 4 mil lavanderias espalhadas por todas as cidades brasileiras.

Este mercado é facilmente afetado pela situação financeira do país, visto que, este tipo de serviços é descartado quando a situação financeira não ajuda.
Conhecer e caracterizar quem são seus futuros clientes, o que e porquê compram, como e quando fazem suas compras e quais são suas tendências de consumo são avaliações essenciais para o sucesso de seu negócio.

Na vida, a gente sabe que é nas adversidades que surgem as oportunidades. Com as empresas não é diferente: a maioria das empresas bem sucedidas algum dia enfrentou a adversidade e adotou a mudança como alternativa de sobrevivência naquele momento, para hoje oferecer oportunidades e apresentar-se como ameaça ao concorrente.

Boas dicas para alcançar seus objetivos quanto ao mercado são: lançar um olhar crítico sobre seu futuro negócio; analisá-lo do ponto de vista do consumidor e a partir daí definir o mercado a ser atingido. Você pode começar por identificar segmentos de mercado específicos nos quais você deseja atuar, para em seguida analisar a renda, idade, classe social dos futuros consumidores do produto que sua empresa irá "vender".

Localização

Os melhores pontos são aqueles que visam, principalmente, ao atendimento de centros residenciais de classe média e regiões onde haja concentração de escritórios comerciais e bancos. Procurar sempre um local próximo de escolas, academias, supermercados ou que seja corredor de passagem. Se a intenção é lavar roupas de uso doméstico, o ideal é escolher um ponto comercial numa região de forte concentração de prédios residenciais em bairros de maior poder aquisitivo. Este será ainda por muito tempo o mapa da mina para as lavanderias que se modernizarem.

A escolha do local para instalar seu negócio é uma decisão muito importante para o sucesso do empreendimento. Lembre que as atividades econômicas da maioria das cidades é regulamentada em conformidade com um Plano Diretor Urbano (PDU). É essa Lei que determina o tipo de atividade que pode funcionar no imóvel escolhido por você. Esse deve ser seu primeiro passo para avaliar a implantação de sua empresa (na Prefeitura de Vitória esse documento é fornecido a partir de consulta no site http://www.vitoria.es.gov.br/home.htm

Feita a "Consulta Prévia ao PDU", certifique-se de que o local escolhido oferece a infra-estrutura adequada à sua instalação e propicie seu crescimento. É fundamental avaliar a facilidade do acesso para os clientes, lembrando aí que o perfil de sua clientela é determinante para essa definição. Por exemplo: em princípio, não adianta estar localizado num local com amplo estacionamento mas longe de pontos de ônibus se esse é um meio de transporte predominantemente utilizado por sua clientela.


Perfil do Negócio:

Nesse ramo, é imprescindível a definição e fidelidade ao segmento escolhido para atuação da lavanderia. De modo geral, existem dois segmentos básicos: o industrial e o domiciliar:
- Segmento industrial. É classificada como industrial a lavanderia que atende a restaurantes, hotéis, motéis, flats, condomínios residenciais e uniformes industriais.
- Segmento domiciliar. É classifica como domiciliar a lavanderia que atende ao público em geral.

Estrutura

Poderá
variar, mas as dimensões ideais de uma lavanderia é de uma de área de 100 m2, distribuídos entre recepção, área de separação das roupas recebidas, espaço para as mesas de passar roupa, mesa para tirar manchas, máquina de lavar a água, máquina de lavar a seco, centrifugadora, cestos para retirada de roupas limpas, cabides com roupas lavadas e embalador. layouts que deixam à vista do público a execução do trabalho.
O layout é um fator muito importante já que dispor os equipamentos na loja de maneira a facilitar o manuseio das roupas, a movimentação dos funcionários e o fluxo geral do trabalho, torna o trabalho mais eficiente e produtivo.

Equipamentos

A posição e a distribuição das máquinas e equipamentos, balcões de atendimento, depósitos, entre outros é importante para a integração dos serviços a serem executados por sua empresa a fim de atingir satisfatoriamente a produção desejada. Assim, você deve lembrar que a harmonia entre o layout interno ( ambiente, decoração, facilidade de movimentação, luminosidade, entre outros) e o layout externo (vitrinas, fachada, letreiros, entradas e saídas, estacionamento, entre outros) e os benefícios decorrentes são algumas das impressões que o cliente levará de sua empresa.
Os equipamentos básicos são;
- Máquinas de lavar;
- Centrífugas;
- Secadoras;
- Calandras;
- Bancas de passar;
- Ferros de passar de 3 kg e de 5 kg;
- Veículo utilitário para entregar e retirar as roupas;
- Computadores e telefone, etc.

É válido lembrar que os equipamentos poderão variar de acordo com a estrutura da lavanderia (industrial ou domiciliar).
Tipos de máquinas.
- Máquinas Abertas. São assim denominadas aquelas máquinas em que as fases de lavagem, centrifugação e secagem não são hermeticamente fechadas, o que permite que o solvente evaporado entre em contato com ar à volta do equipamento. É por isso que o solvente utilizado em máquinas abertas não deve ser tóxico.
- Máquinas Fechadas. Nesse tipo de máquina, uma vez feito o carregamento de roupas e fechada a porta, todo o ciclo de limpeza (lavagem, centrifugação e secagem) é realizado em ambiente hermeticamente isolado A recuperação do solvente é realizada ao final da operação, através de um destilador.

Investimento

Investimento Inicial:
Conforme a estrutura do empreendimento, o valor estimado, para o empreendedor iniciar esse tipo de negócio, pode ficar em torno de: R$ 57.000,00.

-Capital de Giro: R$ 7.000,00
-Investimento em equipamentos e instalações: R$ 50.000,00
-Faturamento bruto mensal previsto: R$ 15.000,00

Obs.: Os valores apresentados são indicativos e servem de base para o empresário decidir se vale a pena ou não aprofundar a análise do investimento.

Mão de Obra

Manter o pessoal constantemente motivado e estimulado para que o atendimento ao consumidor seja sempre de bom nível é fator fundamental.
Todas as pessoas que trabalham na sua empresa devem ter algumas características para saber atender bem. É por essas características e alguns atributos - como a habilidade em ouvir e atender os clientes, boa vontade, persistência e paciência, naturalidade na orientação dos clientes, poder de negociação, equilíbrio emocional, capacidade de identificar as necessidades e o perfil dos clientes, iniciativa, agilidade e presteza no atendimento - que você deve orientar-se ao recrutar e selecionar seus funcionários.

Essas características podem ser reforçadas e aprimoradas através de treinamentos (que, é bom lembrar, devem ocorrer periodicamente). Opte por cursos do tipo: "Gestão de Pessoas", Praticando Qualidade, Cativando o Cliente com um Atendimento de Qualidade, Oratória - A Arte de falar em Público, entre outros.

O número mínimo de pessoas trabalhando vai varias de acordo com a estrutura do empreendimento, porém deve contar com:
- Passadeiras;
- Lavadeiras;
- Balconista;
- Entregador.

Conhecendo o produto

Administrar corretamente a empresa e dominar a técnica de lavagem de roupa, conhecendo profundamente os tecidos e tipos específicos de lavagem para cada tipo de roupa são condições exigidas. Empreendedores, com formação técnica na área de química, detêm trunfo poderoso, já que uma das dificuldades básicas do ramo são as manchas nas roupas e, sobretudo, a repercussão negativa de uma mancha mal tirada.

Funcionamento

Os horários de funcionamento devem ser flexíveis, já que, deverão atender a conveniência dos clientes.

Perfil do Cliente

No caso da lavanderia que atende ao público doméstico, o cliente geralmente é das classes média e alta. Mas não adianta querer atender apenas a classe "A", porque esse público mora em apartamentos espaçosos, têm áreas de serviço e empregados suficientes para fazer o serviço em casa, e usam lavanderias apenas para as roupas de festa, ou ainda peças tão grandes que são melhor "compreendidas" pelas potentes máquinas das lavanderias. Além do mais, a lavagem dessas peças maiores em lavanderias é vantajoso e barato, tendo em vista a praticidade. Mas é bom lembrar que nenhum desses clientes pretende ampliar o uso do serviço, afinal lavar roupa comum, do dia-a-dia, fica muito caro. Ainda não é o fim: existem ainda aqueles que optam de maneira mais integral pelo serviço como única alternativa para manutenção civilizada de um guarda-roupas. Falamos da turma dos recém-descasados e dos "sem-máquina de lavar". Esses sentem no bolso o que é isso. Mais barato seria contratar uma empregada. Aliás essa é inclusive uma realidade a que as franquias tiveram que se adequar: o consumidor brasileiro prefere que alguém lave suas roupas em vez de ele próprio pilotar as máquinas. Assim, embora operem conceitos centrados no auto-serviço, essas redes tiveram que se adaptar aos hábitos nacionais e agora oferecem os serviços do "valet", funcionário que se dispõe a monitorar as operações de lavagem. Uma sugestão como forma de identificar maneiras de cativar a clientela é manter um fluxo constante de comunicação. O cadastramento é a ferramenta ideal.


Serviços

Uma lavanderia deve dispor de serviço de retirada e entrega de roupas para o cliente, principalmente quando a empresa é prestadora de serviços de restaurantes, hotéis, motéis, flats, condomínios residenciais e indústrias. Os serviços ofertados variam desde lavagens até costura das peças. Conveniência é a palavra de ordem nesse ramo.

Oferecendo hora-extra

Oferecer serviços-extra é uma idéia que pode render frutos, além é claro de atrair novos clientes. Serviços esses:
- Pequenos reparos (pregar botões, costurar bainhas) nas peças sob seus cuidados como cortesia (através do bilhete colocado na roupa o cliente toma conhecimento da gentileza);
- Costura, sapataria, conserto e tingimento de roupas.


Cuidados básicos na rotina de uma lavanderia

Imprescindível, o domínio completo das técnicas de uma lavagem perfeita é um dos principais desafios do ramo. Assim, é aconselhável não aventurar-se no tratamento de roupas finas ou na eliminação de manchas se não detiver bons conhecimentos sobre os tecidos e seu processo de lavagem, ou ainda, se não souber distinguir tipos e origens das manchas. É bom lembrar que toda lavanderia tem a obrigação de ressarcir o consumidor em caso de dano ou perda de alguma roupa, e a avaliação do prejuízo deve ser feita em conjunto pelas duas partes. E não é tudo. Um dono de lavanderia tem que ser, por natureza, cuidadoso, hábil e observador. Preste atenção:

- Manchas. Ao receber uma peça para lavar, examine-a minuciosamente ainda no balcão e anote eventuais defeitos na comanda na presença do freguês. Essa atitude poderá livrá-lo da culpa por eventuais defeitos ou manchas já existentes nas peças. Além disso Não prometa serviços de difícil execução, como retiradas de manchas e sujeiras visivelmente impregnadas há muito tempo;

- Delicadas. Peças em seda ou linho precisam ser lavadas manualmente, assim como roupas íntimas. Recuse serviços, se for o caso. Você pode perder uma venda, mas cativará o cliente, pois ele sabe valorizar a honestidade. Ao lavá-las, tome o máximo cuidado com a regulagem de temperatura das máquinas, o ciclo de lavagem e a quantia de sabão colocada nas roupas, para não causar danos às peças;

- Passagem. Dedique especial atenção ao ato de alisar as roupas, pois nessa fase ainda podem ser corrigidas falhas cometidas nas etapas anteriores;

Assumir os erros:

Assumir imediatamente a responsabilidade por eventuais danos causados às peças. Adiar essa decisão desgastará a relação com o consumidor, gerando uma imagem negativa de seu negócio. Busque auxílio nas análises técnicas feitas pela Anel para os casos em que há dúvida se o estrago foi ou não causado na lavanderia e providencie a indenização da roupa se houver dano irreversível. É melhor sacrificar o lucro do que perder ou desagradar um cliente. A danificação de peças e, principalmente, a falta de uma regulamentação para a questão do reembolso ao cliente é um grande gargalo no setor. Estima-se que 3% do volume de serviços de uma lavanderia gerem algum tipo de problema decorrente de eventuais danos causados às roupas.

Propaganda

Cuidado essencial, o marketing local consiste na manutenção de um bom relacionamento com a comunidade-alvo, convênios e divulgação dos serviços. A distribuição de panfletos em residências, feiras livres e semáforos ajuda a consolidar o empreendimento. É sempre bom lembrar que boa qualidade no serviço, rapidez, soluções para cada tipo de problema - o que caracteriza atendimento personalizado - são condições vitais para o sucesso de uma lavanderia. É através da utilização dessas ferramentas que o empreendedor diferenciará seu estabelecimento no mercado e enfim realizará a melhor forma de propaganda.


Processo de lavagem à seco

Entende-se por "a seco" um processo de lavagem no qual a água é substituída por um solvente que remove a sujeira em volta da fibra, não sendo necessária sua absorção pelas fibras da roupa, ao contrário do que ocorre na lavagem à água quando a fibra do tecido incha absorvendo o líquido e, durante a secagem, desincha, deformando a fibra. Em razão disso, tecidos lavados a seco duram de 5 a 8 vezes mais que os lavados com água.

- Solventes. Na lavagem a seco, o solvente mais utilizado é o Percloroetileno. Existem outros solventes, mas eles estão caindo em desuso por apresentarem um alto grau de inflamabilidade: querosene, varsol, Fluorcarbono, etc....

Franquias

Mesmo com estilo próprio, é praticamente impossível para uma empresa independente ou uma pequena rede igualar o poder de fogo das cadeias de franquias.
Na hora da escolha da franquia é necessário ter atenção ao maquinário que está sendo oferecido pelo franqueador. Se o equipamento gasta muita água e energia, desperdiça as químicas, como sabões e amaciantes, o negócio pode se tornar pouco rentável. Além disso, o suporte de manutenção e assistência técnica oferecido pelos franqueadores deverá ser eficiente, já que praticamente tudo dentro das franquias é importado.
Outro problema é o elevado capital exigido, e não as margens de lucro, que são extremamente atraentes num cenário de economia estável.

Começando

Uma vez colocado em funcionamento o novo negócio, estabelece-se um novo desafio: a sua gestão competitiva, capaz de oferecer ao mercado os melhores produtos e serviços e assegurar o melhor retorno do capital empregado. Gerenciar o negócio significa colocar à prova o talento, o conhecimento e a experiência do empreendedor, dentro do mais elevado grau de profissionalismo.

Administrar é o processo de planejamento, organização, liderança e controle do trabalho de todos que fazem parte direta ou indiretamente da empresa e o uso de todos os recursos organizacionais para que se atinjam os objetivos estabelecidos. Tais informações e formações podem ser adquiridas através de treinamentos, cursos e palestras tipo: Administração Básica para Pequenas Empresas, Técnicas para Negociações, Lucratividade - Crescer - Sobreviver ou Morrer, Análise e Planejamento Financeiro, Controles Financeiros, Desenvolvimento Das habilidades Gerenciais, Gestão de pessoas, entre outros.

Divulgação

O ditado popular diz que "a propaganda é a alma do negócio", mas a gente pode continuar dizendo que os "músculos" também são importantes. Assim, entendemos que dotar os clientes internos (os funcionários, os "músculos" do negócio) de informações sobre os produtos oferecidos é tão ou mais importante que, efetivamente, vendê-lo ao cliente externo.

Voltando à "alma do negócio", concluímos que para atingir o consumidor e garantir as vendas, você deve planejar o seu marketing. E como fazer isso ? Bem, a primeira sugestão é partir para uma análise da sua realidade: Identifique quais são os custos de seus serviços, adapte-os e busque a otimização de sua alocação. Mantenha seus consumidores motivados partindo para uma revisão da sua estrutura de comercialização avaliando, paralelamente, se essa estrutura atinge seu mercado-alvo com sucesso. Não perca de vista que o marketing deve ser contínuo e sistemático.

Considere ainda que num plano de marketing é importante o conhecimento de elementos como preço, produto (serviço), ponto (localização) e promoção. Avaliar os desejos e necessidades de seus clientes ou usuários em relação a funções, finanças, facilidade, "feeling" (sensibilidade) e futuro.

Automação

Essa é uma tendência cada vez mais presente nas empresas que buscam o sucesso e você deve avaliar a possibilidade de adotar algum equipamento que possa tornar seu "processo produtivo" mais ágil e econômico. Investigue de que forma a adoção de um equipamento dessa natureza pode ser capaz de incrementar seus lucros na medida em que ele melhora os serviços aos clientes, reduz filas, agiliza a emissão de notas fiscais, entre outros (ex.: caixas eletrônicas isoladas ou integradas, preenchimento de cheques automáticos, impressoras de notas fiscais nos caixas, terminais de informações ao cliente, etc) .

Lembretes

Numa economia que tende à estabilização, saber definir o preço certo dos serviços oferecidos é uma das decisões mais importantes na sua futura empresa. Harmonizar o desejo do consumidor e a expectativa de ganho do proprietário é o grande desafio. Enquanto o consumidor sempre deseja pagar menos e ter mercadorias de qualidade, o sonho do empresário é obter o melhor retorno, com o menor risco. Uma sugestão é buscar inspiração para essa "arte" em cursos que orientem o empreendedor a equacionar essa questão, como por exemplo aqueles que ensinam a "Formação de preços".

Ao definir a atuação, é importante verificar se a concorrentes existentes no raio de 1 quilômetro em torno do ponto escolhido. Não se deve subestimar nenhuma lavanderia, mesmo que ela opere com equipamentos antigos.

27/07/2010

Novo sistema de secagem para grandes volumes

Novo sistema de secagem para grandes volumes e montagem total de lavanderias em hotéis são destaques da Equipotel 2010

Mamute, MFV Lavadoras e Mecsul, empresas do setor de lavanderia industrial, oferecem produtos 100% nacionais e com tecnologia de ponta para otimizar os processos de higienização de roupas de cama, enxovais, louças, talheres, bandejas, etc. em hotéis, motéis e pousadas.

Atualmente um serviço adequado de hotelaria é visto não somente pela qualidade do atendimento ou pela decoração do ambiente. Atualmente, com o grande número de hotéis e a concorrência grande, aspectos como a limpeza mal feita de enxovais influenciam a imagem negativa de um estabelecimento e contribuem para um possível fracasso.

É por isso que o serviço de lavanderia tem papel fundamental e indispensável para garantir uma estadia de qualidade para os clientes. A Feira Equipotel 2010 – que acontece dia 13 a 16 de setembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi – traz uma grande variedade de marcas e novas tecnologias de surpreender o setor hoteleiro.

Mamute investe em tecnologia e design no desenvolvimento de lavadoras industriais

Com sistemas modernos e desenhos elegantes, as máquinas industriais para lavanderias da Mamute proporcionam alto rendimento para lavar, enxaguar e secar enxovais, roupas de cama, cortinas, lençóis, etc. A empresa se destaca por ser a única em território nacional a possuir a tecnologia das calandras compactas e para fabricar Lavadoras Extratoras High Spin de última geração. Um dos principais equipamentos no estande da Mamute será a lavadora LE50AS, com capacidade para 50kg e o modo mais moderno de lavagem para o setor de hospedagem. Há ainda o sistema Wet Cleaning, um opcional que pode ser acoplado ao equipamento e permite a lavagem de roupas delicadas, como seda e lã.

Oferecendo ainda tranqüilidade a seus clientes quanto à manutenção, operação e peças para reposição, a Mamute também vai expor a linha Slow Spin e as secadoras fechadas e com estrutura em monobloco. A empresa estipula um aumento de 30% em volume de venda em relação ao ano passado, contando ainda com os resultados pós-feira, sempre muito significativos para os expositores.

Mais informações sobre a Mamute: www.mamuteequipamentos.com.br

MVF Lavadoras projeta aumento de 50% de vendas na Feira oferecendo excelente higienização de louças e bandejas


Confiante pelo ótimo desempenho da Equipotel 2009, a MVF Lavadoras espera um aumento de mais de 50% nas vendas para este ano em relação à Feira do ano passado. A boa atuação no mercado de lavadoras tem forte influência do volume de negócios gerados nos dias de Feira, mas principalmente às vendas realizadas posteriormente devido aos contatos realizados no evento.

A MVF conta com máquinas para higienização de louças, tais como, bandejas, pratos, copos e talheres. Abrangendo desde a venda direta até o consumidor final, a empresa também presta serviços para o setor hoteleiro e também para a montagem de cozinhas profissionais.

Outras informações sobre a MVF Lavadoras: www.mvflavadoras.com.br

Mecsul oferece montagem de lavanderia para o melhor conforto dos hóspedes

Para quem acredita que o segredo de um bom empreendimento hoteleiro não está apenas na composição de um belo dormitório, a Mecsul oferece equipamentos para a montagem completa de lavanderias. O material inclui lavadoras industriais, secadoras, centrífugas e calandras, pensadas e desenvolvidas especialmente para aqueles que desejam oferecer os melhores serviços aos seus clientes.

Presente há mais de dez anos no mercado, a empresa visa proporcionar maior eficácia para seus contratantes, o que resulta em uma estadia confortável para os hóspedes, que se livram de surpresas desagradáveis.

Outras informações sobre a Mecsul: www.mecsulmesas.com.br

Sobre a Equipotel 2010

A Equipotel 2010 é a maior feira dos setores de hotelaria e gastronomia da América Latina e uma das cinco maiores do mundo.  São esperados aproximadamente 50 mil visitantes para os quatro dias do evento, que acontece de 13 a 16 de setembro e ocupará 55 mil/m² no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Os presentes poderão, além de conferir as novidades dos expositores, participar de cinco atrações simultâneas: 4º Equip Food&Drinks e sua Arena Gastronômica, 19º Equip Design, 5º Equip Spa&Wellness e o 5º Equip Conference.


Lavanderia Cia na TV 22 - Industria Textil e Lavanderia

Lavanderia Cia na TV 21 - Semana em Foco

Lavanderia Cia na TV 20 - Consultoria Financeira

Lavanderia Cia na TV 19 - Serviços ANEL

Lavanderia Cia na TV 18 - Mulher e Lavanderia

Lavanderia Cia na TV 17 - Cabideiros Eletronicos

23/07/2010

Fotos do Curso de Manutenção

Clique na imagem para Amplia-la

22/07/2010

Saiba como foi o Curso de Manutenção



O primeiro curso que a ANEL fez para manutenção de lavanderias domésticas foi proporcionado aos participantes a capacidade de avaliar como está a manutenção em sua lavanderia e como otimizá-la através de várias dicas simples. Como por exemplo, o de é limpar o filtro de secador a cada ciclo.  Estavam presentes pessoas que não tinham conhecimento do setor, como Roberta S. Legaspe, que pretende abrir uma lavanderia doméstica. Ela já participou de vários cursos, o primeiro foi o de qualidade e atendimento, o segundo foi 1ª Semana de Cursos de Lavagem Doméstica e, agora, aprendeu a fazer pequenas manutenções nos equipamentos da lavanderia. “É impressionante como os cursos tem me ajudado, já estou procurando um local para montar a minha lavanderia” – Roberta declara. “Sempre tem algo novo que nós desconhecemos e aprendemos” - Diz Alexandre Tavares Fernandes, da A Personal Lavanderia, que também gostou do curso. A experiência deste curso foi ótima, agora estamos nos preparando para o próximo passo, que é para o curso de Lavanderias Industriais.  (Fábio Araújo)

Indicadores de Desempenho Ambiental do Setor Têxtil

A cartilha tem como objetivo criar uma gestão mais pró-ativa e sustentável para o meio ambiente.

O Sinditêxtil-SP (Sindicato da Indústria Têxtil de São Paulo) acaba de lançar cartilha com os Indicadores de Desempenho Ambiental. O documento tem como principal objetivo criar uma gestão mais pró-ativa e sustentável para o meio ambiente, a partir de conceitos de Produção Mais Limpa (P+L) introduzidos pelo sindicato, por meio de palestras, workshops, consultorias e com o pioneiro Guia Técnico Ambiental da Indústria Têxtil.

O documento, desenvolvido em parceria com a Câmara Ambiental da Indústria Têxtil da CETESB, foi iniciada com o envio de um manual explicativo aos associados do Sinditêxtil-SP, visando à coleta de informações sobre o processo produtivo de cada empresa. Os indicadores escolhidos para compor a cartilha foram: água consumida, água reutilizada, energia, carga orgânica, geração total de resíduos e resíduos recicláveis. Os valores de cada um deles, apresentados na cartilha representam os intervalos das informações recebidas e validadas.

"Chegamos a esses indicadores após um trabalho de aproximadamente dois anos. A indústria têxtil paulista é pioneira em Produção Mais Limpa. Nos anos 90 aceitamos participar de um programa piloto junto à CETESB - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Fomos “iniciantes” logo que se começou a falar seriamente sobre o assunto", comenta Eduardo San Martin, coordenador de Meio Ambiente do Sinditêxtil-SP.

O sindicato elaborou o material a partir de uma metodologia voltada para a criação de quatro categorias para medir o consumo de recursos dos processos produtivos: preparação e fiação de fibras têxteis, tecelagem sem tinturaria, tecelagem com tinturaria e acabamento em fios, tecidos e artefatos têxteis.

“O constante monitoramento dos processos produtivos utilizando os Indicadores Ambientais irá possibilitar uma avaliação mais precisa quanto à melhoria de desempenho ambiental da empresa e também de todo o setor. Esta cartilha é uma ferramenta importante para o fortalecimento do setor têxtil paulista e brasileiro, tanto no mercado nacional quanto internacional. A participação das empresas é essencial para a continuidade deste projeto que visa o desenvolvimento sustentável da nossa sociedade”, afirma Rafael Cervone, presidente do Sinditêxtil-SP.

FONTE: REVISTA FATOR

Sintequímica apresenta novidades na Feira Serigrafia Sign



A Sintequímica do Brasil, fabricante de pastas pigmentarias para diversas atividades industriais, participa até o dia 24 de julho da “Serigrafia Sign 2010”, feira direcionada a impressão digital, que ocorre no Expo Center Norte, em São Paulo (SP).

Na oportunidade a Sintequímica, juntamente com a empresa Toshin-Kogyo, fabricante da impressora  digital têxtil Ichinose IP2, demonstrará a impressão sobre tecidos com corantes DuPont Artistri. Com tecnologia de ponta, a impressora possui secador duplo, além de um novo sistema de lavagem de tapetes e do reciclador de tintas, que a torna ainda mais econômica. Os tecidos impressos na feira estão pré-tratados com uma química exclusiva da Sintequimica.

A feira contará também com diversas palestras ministradas em um congresso. “Estamparia digital têxtil: técnicas e processos” é o tema que profissionais da Sintequímica irão abordar em uma destas apresentações. A programação completa pode ser conferida no site www.gruposertec.com.br/congresso.

Esta é a 20ª edição da Serigrafia Sign, que este ano contará com mais de 30 mil m2 de área. São esperados milhares de visitantes para conferirem as novidades de centenas de expositores.


Anote:

Sintequímica na Feira Serigrafia Sign
De 21 a 24 de julho, no Expo Center Norte (SP)
Estande na Avenida 4, esquina com a Rua L


FONTE: ABIT

Vicunha lança linha de tecidos com aspecto de couro


São quatro artigos – três de brim e um denim –, que integram a coleção CARBOLumen para o inverno 2011, em tom de preto
O aspecto é de couro e toque gelado. Mas o par de botas, a mochila, o terno, a gravata, o vestido e o bolero são feitos em CARBOLumen, a nova linha de tecidos lançada pela Vicunha para o inverno 2011. São três bases em brim e uma em denim, cujo acabamento especial em resina deixa o tecido com aspecto de couro, mantendo as características da fibra de algodão em relação a troca de calor, conforto e caimento.


 



Os produtos estão em exibição no showroom da empresa, em evento de lançamento que começou nesta segunda-feira, 19, e segue até sexta-feira, 23. De acordo com Renata Guarniero, gerente de marketing da Vicunha, a nova linha CARBOLumen (do latim, brilho do carvão) levou cerca de um ano para ser desenvolvida e envolve acordo de exclusividade com um fornecedor italiano (mantido em sigilo) para a resina especial utilizada no acabamento dos tecidos.

  



Os quatro primeiros artigos foram fabricados em tom de preto. Mas dentro de mais um mês a empresa pretende lançar versões em azul marinho, cinza chumbo e marrom castor.



 

Produtos - O denim da linha é o Kravitz com 9,2 oz, 81% de algodão, 17% de poliéster e 2% de elastano. No brim, são dois artigos em construção sarja e um em cetim. O Alanis é uma sarja 2X1 com 8,9 oz e elastano na composição, enquanto o Presley é uma sarja 3X1 em 100% algodão. O Spears é a opção em cetim, o mais leve de todos com peso de 7,4 oz e elastano na composição.


FONTE: GBL Jeans

SP modifica decreto que reduz alíquota de ICMS do setor têxtil



DE SÃO PAULO - O governo de São Paulo fez alterações no decreto que reduz de 12% para 7% a alíquota do ICMS do setor têxtil. O objetivo é corrigir pontos do texto anterior que impediam, na prática, que as indústrias se beneficiassem da redução da alíquota.
A redução da carga tributária foi assinada em março deste ano pelo então governador José Serra (PSDB), a pedido do setor e em reação a incentivos fiscais concedidos por outros Estados.

Parte das indústrias paulistas saiu do Estado para se instalar em outras regiões em que o ICMS do setor chegava a 1,5%, segundo representantes das empresas têxteis.
Ronald Masijah, presidente do Sindivestuário, diz que as principais alterações no novo decreto são: ampliação do prazo de seis meses para que as empresas possam usar créditos do ICMS e permissão para que as empresas que estão momentaneamente inadimplentes com o fisco possam se beneficiar de créditos acumulados e regularizar sua situação fiscal.
"Muitas empresas saíram de São Paulo nessa guerra fiscal que ocorreu no setor. O governo paulista fez a redução da alíquota do ICMS de 12% para 7%, mas alguns pontos travavam, na prática, o benefício", diz Masijah.
"Pelo decreto anterior, as empresas não podiam se beneficiar da redução e ao mesmo tempo fazer a compensação de créditos acumulados. Era uma coisa ou outra. Com o novo decreto [de nº 56.019, de 16 deste mês], as indústrias paulistas terão mais condições de competir com as empresas de outros Estados", afirma.

Fonte: Folha de S. Paulo 21/07 (caderno mercado)

17/07/2010

Lavanderia como parte da arte em Avignon - França



Eu cheguei a alguns dias das férias que passei no sul da França e para minha surpresa quando estava visitando o Palacio do Papa em Avignon, onde estavam montando o palco para o Festival de Teatro de Avignon (maior evento teatral do mundo) encontro maquinas de lavar sendo colocadas no palco principal, não pude resisti e tirei uma foto para compartilhar com vocês. Nosso segmento é tão importante que este ano faz parte de um dos maiores eventos teatrais do mundo.

16/07/2010

Última chance de se inscrever



   Faça sua inscrição AQUI  

14/07/2010

Capricórnio lança linha de estampados

O Passione é o primeiro produto de uma série e fará parte da nova coleção a ser anunciada em setembro
A Capricórnio lançou esta semana o tecido Passione, o primeiro de uma série de denim estampado que a empresa anuncia estar desenvolvendo. O artigo faz parte da nova coleção, cujo lançamento completo está marcado para setembro, e reflete a estratégia da tecelagem de ampliar a parcela de produtos diferenciados nas coleções.











































O Passione tem 78% de algodão, 20% de poliéster e 2% de elastano. Com peso de 11 oz, a largura pode variar de 1,48 a 1,52 metro, informa a empresa. O acabamento de estampa procura explorar o efeito de luz e contra luz. Sobre a superfície, a empresa garante que é possível aplicar efeitos sobretintos, puídos e used.


 Fonte: GBLjeans
 foto: GBLjeans










Feira do bordado de Ibitinga acontece até 18 de julho


Um dos mais importantes polos de turismo de negócios do bordado na América Latina, a cidade de Ibitinga sedia, até 18 de julho, a 37ª Feira do Bordado. São esperados cerca de 200 mil visitantes para esta edição, 10 mil a mais do que no ano passado. Ocupando uma área de 12,3 mil m2 divididos em quatro pavilhões, a feira é uma realização da Prefeitura e Câmara Municipal de Ibitinga com o apoio do Sebrae-SP e do Governo do Estado de São Paulo, contando ainda com a participação de instituições como o Senac, Senai, Sesc, Unimed e Sindicato Rural. O evento faz parte do Calendário Turístico do Ministério do Turismo.
A tradicional Feira do Bordado, que teve início em 1974, marca o momento ideal para dinamizar as vendas e reforçar a marca de cada empresa participante que, juntas, contribuem para divulgar o produto turístico de abrangência e reconhecimento nacional. A produção de bordados em cama, mesa e banho de Ibitinga engrossa o destaque do Brasil, que ocupa o 6º lugar no ranking de maiores produtores de têxteis do mundo com faturamento médio anual de US$ 51 bilhões.
Pertencente à mesorregião de Araraquara, no Centro Paulista, a cidade de Ibitinga possui fácil acesso às principais rodovias de São Paulo. Ao longo dos anos, a produção do bordado, na Estância Turística, consolidou uma cadeia produtiva que engloba cerca de 2 mil estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços, responsáveis por aproximadamente 35 mil empregos diretos e indiretos.
Com 52,5 mil habitantes, segundo estatísticas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o desenvolvimento socioeconômico da cidade de Ibitinga depende basicamente da cadeia produtiva do bordado, onde se emprega 90% da PEA (População Economicamente Ativa).
De acordo com uma pesquisa feita pelo Departamento de Relações Públicas da Prefeitura de Ibitinga, 98% dos consumidores vêm de fora, por meio de excursões organizadas em diversas cidades do país, ou mesmo viagens particulares, sendo que a principal motivação do passeio é a disponibilização de preços associada à qualidade dos produtos.
Para mais informações procure por Alliny Rogério, Relações Públicas da Prefeitura, pelo e-mail relacoespublicas@ibitinga.sp.gov.br ou telefone (16) 8115-1363.
Anote:
37ª Feira do Bordado de Ibitinga
Até 18 de julho. Das 9h às 19h30 (até sexta); sábado e domingo,das 8h às 20h
Pavilhão de Exposições Dr. Licinio Hiumar de Oliveira Arantes
Av. Engenheiro Ivanil Franceschini, 14-077, Jd. Eldorado
Mais informações: www.feiradobordadodeibitinga.com.br


Fonte: ABIT

Altenburg lança novo edredom

Com a chegada do frio é natural que edredons e cobertores, esquecidos por meses dentro do armário, ganhem novamente lugar de destaque nos quartos. Para aqueles que quiserem atualizar a linha de cama, aproveitando a evolução das tecnologias aplicadas nos produtos, a Altenburg disponibiliza uma opção para aquecer o inverno. Preenchido com fibras siliconizadas, que dão a sensação de plumas, o modelo Plumi traz como diferencial a quantidade de enchimento. Enquanto um produto tradicional no mercado tem 180g de fibras de poliéster por m², este item possui 400g  pelo mesmo espaço de tecido.
 
O edredom Plumi pode ser encontrado em várias tonalidades e está disponível nos tamanhos solteiro, casa, queen e king. Para saber onde encontrar essa e outras novidades da Altenburg acesse www.altenburg.com.br ou ligue para (47) 3331-1588

Fonte:  ABIT

Novas regras prejudicam competitividade industrial e relações trabalhistas

A FIESP divulgou, no dia 5 de julho, nota oficial sobre as novas regras do registro do ponto eletrônico. Assim como a Federação, a ABIT e o Sinditêxtil-SP acreditam que a Portaria nº 1510/09, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), representa um retrocesso à atividade produtiva brasileira.

Abaixo, a íntegra da nota oficial:

NOTA OFICIAL

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) vem acompanhando de perto os impactos que as novas regras do registro do ponto eletrônico terão sobre a indústria brasileira.

A Fiesp entende que a Portaria nº 1510/09, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que regulamenta as normas, significa um retrocesso às empresas brasileiras. Os altos custos dos equipamentos devidamente adaptados e dos procedimentos técnicos e operacionais comprometerão a competitividade das micro e pequenas indústrias, principalmente.

Um dos seus aspectos mais preocupantes é a possibilidade de aumentar a animosidade das relações de trabalho. Isso porque com a implantação ou utilização dos novos moldes do sistema de ponto eletrônico deverão ser criados mecanismos de fiscalização e manutenção da regularidade pelo empregador, que podem ser entendidos como um ato de desconfiança por parte das entidades sindicais. Esta circunstância representa um retrocesso histórico à atual relação entre capital e trabalho, colocando em risco o equilíbrio que alcançou.

Além disso, a obrigatoriedade da entrega de um comprovante físico a cada marcação do empregado (entrada / saída para almoço / volta do almoço / saída) é altamente dispendiosa e não resolve os problemas existentes. Assim, os empregados serão obrigados a guardar os comprovantes fornecidos durante toda a relação contratual, pois estes serão as únicas provas dos horários que de fato trabalharam.

Por fim, além de todos os ônus à atividade produtiva, as regras não serão bem sucedidas em seu objetivo de evitar as fraudes e imprecisões nos registros de frequência, já que o sistema apresenta pontos de alta vulnerabilidade, como a porta USB para coleta de informações existentes no equipamento de registro. O mecanismo expõe dados pessoais dos trabalhadores, desrespeitando seu direito constitucional à privacidade.

Estes impasses inviabilizam o uso da tecnologia eletrônica de registro da jornada de trabalho e forçam as indústrias a utilizarem os meios obsoletos, dispendiosos e imprecisos de marcação, como o registro manual ou mecânico.

Por esses motivos, a Fiesp pede a suspensão, e se necessário a revogação, das novas regras impostas pelo Ministério do Trabalho, para que a indústria, as bases representantes dos trabalhadores e o governo possam traçar uma visão compartilhada e mais profunda dos impactos que a Portaria acarretará à sociedade brasileira.

Fonte: Federação das Indústrias do Estado de S.Paulo

Première Brasil 21 a 22 de julho Transamerica ExpoCenter 2010 São Paulo


A Cedro Têxtil apresenta ao mercado a coleção Outono / Inverno 2011 na segunda edição do Première Brasil. É a oportunidade para os visitantes conhecerem os lançamentos e as opções de lavanderia de seus produtos em um evento integrado às tendências da moda.

No estande da empresa, a Cedro apresentará índigos flat, artigos X Comfort com maior potencial de elasticidade, denim leves e em várias tonalidades que remetem ao azul vintage. Sarjas com novos acabamentos resinados pigmentados ou com efeito de brilho molhado.

Vá ao Premiere Brasil e visite o estande da Cedro Textil para saber das novidades em tecidos para a estação Outono / Inverno 2011. 


www.premierebrasil.biz 

.


Promoção EXPODETERGO 2010 ate dia 20/07 (terça-feira)

(Clique na imagem para visualizar)


12/07/2010

Lavanderia Cia na TV 16 - Passadoria e Lavanderia Doméstica

Programa 15 - Qualidade de Vida

Lavanderia Cia na TV 14 - Lavanderia Industriais por Edson Silva

Lavanderia CIA na TV 13 - Negócios de Lavanderia no ABC

Comunicado de Feriado em São Paulo

08/07/2010

Curso: PRINCÍPIOS DE MANUTENÇÃO PARA LAVANDERIAS DOMÉSTICAS

07/07/2010

PRINCÍPIOS DE MANUTENÇÃO PARA LAVANDERIAS DOMÉSTICAS

05/07/2010

Grupo GB e CANAÃ investindo em pesquisa!

- Estamos bem próximos de mais uma pesquisa internacional equipe GB Lavanderia / Canaã Lavanderia, que começou dia 02 de Julho!

- O roteiro será Turquia - Istambul, onde faremos pesquisa de lojas de rua, comércio fortíssimo em jeans, com inúmeras opções de marcas fabricantes locais e também todas as grifes internacionais da Europa, Ásia e E.U.A.

- Faremos também visita ao fabricante de tecido Denim Kipas e Isko, e ainda lavanderias top que lavam G-Star, Zara e outras.

 Turquia - Istambul 

- Após a Turquia seguiremos para Berlin na feira Bread and Butter e comércio de rua.
 

Pesquisa Berlin, Feira Bread and Butter  


  - Por último seguiremos para Portugal, onde faremos estágio em lavanderias Portuguesas que estão ditando moda em lavações, faremos também a pesquisa de rua nos principais pontos de comércio de Portugal com marcas Européias e Portuguesas lideradas pela Salsa e Bus.

.


Estágio em lavanderias portuguesas, conhecimento e cultura para toda equipe.  

Marco Britto em estágio na lavanderia Portuguesa Líder Brancura, 
ao lado de Miguel Carneiro, proprietário, ex designer da Salsa Jeans.

Inscrição para o curso - PRINCÍPIOS DE MANUTENÇÃO PARA LAVANDERIAS DOMÉSTICAS

Inscrições encerradas!!!

01/07/2010

Curso: PRINCÍPIOS DE MANUTENÇÃO PARA LAVANDERIAS DOMÉSTICAS

(Clique na imagem para amplia-la)

Escola têxtil terá cursos gratuitos

PetroquímicaSuape vai abrir um centro de treinamento para formar mão de obra no Complexo Industrial Portuário. Foto: Guilherme Oliveira/Divulgação - 25/1/10


Escola têxtil terá cursos gratuitos Capacitação // Centro de treinamento deve formar mil pessoas/ano

Pernambuco terá a primeira escola têxtil com capacitação em fibra sintética. A PetroquímicaSuape está investindo R$ 5 milhões no centro de treinamento que vai funcionar dentro do Complexo Industrial e Portuário de Suape. Por ano, a escola vai formar até mil pessoas. Haverá cursos de nível técnico, de iniciação e de qualificação profissional. Todos gratuitos.


PetroquímicaSuape vai abrir um centro de treinamento para formar mão de obra no Complexo Industrial Portuário. Foto: Guilherme Oliveira/Divulgação - 25/1/10
A escola terá a direção e a coordenação pedagógica do Senai. Atualmente, no estado, a única escola que oferece cursos para atuação na indústria têxtil é o Senai de Paulista, que inclusive está treinando os concursados da PetroquímicaSuape. "Todos os nossos laboratórios, no entanto, são voltados para a produção com fibras naturais, como o algodão. Inclusive, tivemos que fazer algumas adaptações para qualificar esse pessoal para a Petroquímica", relata o diretor do Senai Paulista, Vicente Calazans.

Em todo o país, o cenário se repete. "As escolas que oferecem formação na área têxtil também não possuem equipamentos para a aprendizagem com a fibra natural.Por isso, essa escola têxtil que será construída em Suape será uma referência nacional", comenta Calazans. O alto investimento, aliás, deve-se aos equipamentos de última geração envolvidos nesse processo de fabricação, que estarão nos laboratórios da escola.

"Essa escola vai formar mão de obra não apenas para a Petroquímica, mas também para outras indústrias do segmento têxtil que venham a se instalar em Suape", afirma Richard Ward, diretor superintendente da empresa. A capacidade da escola é de 200 alunos. Mas, dependendo da duração dos cursos, o número de formados por ano pode chegar a 1 mil, segundo o diretor do Senai-PE, Antônio Carlos Maranhão.

A seleção dos alunos seguirá os mesmos moldes dos cursos do Senai. "Alguns alunos serão encaminhados pelas empresas e em outras turmas a seleção será feita por nós nas comunidades do entorno, como Ipojuca, Cabo e Escada", explica Vicente Calazans. Os cursos serão de iniciação profissional, qualificação e de nível técnico. Abordarão todas as etapas da cadeia têxtil: da produção do fio à confecção do produto acabado. "Mas também vamos ficar à disposição das empresas para lecionar cursos de acordo com as necessidades do segmento", afirma o diretor do Senai Paulista.

Ontem, foi celebrada a doação de um terreno de dez mil metros quadrados dentro da Zona Administrativa de Suape para construção da escola. O local fica próximo ao centro de treinamento que existe no complexo. Na mesma cerimônia, foi assinado com a Marinha a cessão de uma área de um hectare, nas proximidades do Prédio de Autoridade Portuária, para a construção da Agência da Capitania dos Portos, a primeira do estado. A agência se tornou uma necessidade devido ao aumento do número de navios e do número de empresas que atuam no setor naval em Suape. (M.F.)

Fonte: diariodepernambuco

Seguidores

Search

Carregando...